Pesquisa personalizada

terça-feira, 30 de março de 2010

Les Aventures de Cinzacoelho


A partir de hoje vai ser instituída uma nova rubrica neste blogue, denominada de “Les aventures de Cinzacoelho”, em honra do nosso grande mestre e grande responsável, (digo-o sem qualquer embaraço, ou qualquer outra forma depreciativa), falo obviamente do professor e mestre Zamba Cinza Coelho, que dispensa apresentações.O teor da rubrica servirá para contar as maravilhosas e rocambolescas aventuras do indivíduo em si, bem como das suas alucinadas teorias sobre tudo e sobre qualquer coisa. Ele é sem dúvida alguém que eu jamais irei esquecer. A forma apaixonada como defendia a seu ponto de vista, mesmo sem ter razão… mesmo que todos dissessem o contrario… apenas porque era extremamente belo, defender o indefensável… mesmo que não tivesse ponta por onde se lhe pegar… insistia… insistia… até que uma mentira mil vezes repetida se tornasse em verdade absoluta. Hoje percebo a intenção… se nós não acreditarmos e crermos naquilo que dizemos ou fizermos, ninguém mais o fará… foi uma lição para a vida.Assumo claramente o enorme contributo do professor e mestre Zamba Cinza Coelho para a construção humana e académica da minha humilde pessoa. Porque não há pior defeito que a ingratidão, digo-o aqui, para ele e quem quiser ler.Fica a questão… quem foi o professor e mestre Zamba Cinza Coelho?Pois bem, ninguém melhor que eu para fazer a introdução à personalidade, dado ter sido seu assistente… amigo… confidente… camarada de lutas, durante vários anos. Mesmo quando ninguém acreditou nele… nós (Rui e Ricardo) éramos ouvintes assíduos e crentes… bebíamos da sua sabedoria, e juntos debatíamos o sentido da vida… da sociedade… do ordenamento geopolítico mundial… da percentagem de matéria negra no universo…. A teoria das cordas…a possibilidade de existência de universos paralelos… enfim do nosso amado Benfica.Para alem de todo o mérito académico e cientifico de um homem, cujos méritos académicos são hoje imerecidamente desconhecidos. De tudo, apenas guardo na memória as suas aventuras de caça, e de como ele era um caçador dos antigos… tinha que trazer sempre uma peça de caça à cinta… nem que fosse um dos cães… nos quais caíam as culpas pela escassa aptidão do caçador. Ou ainda, de como ele punha os cães de dieta, meses a fio, dando-lhes apenas a cheirar uma bola de carne, no meio da ração de combate, na esperança que a necessidade lhes aguçasse o engenho… ou de como conseguiu fazer funcionar o seu velho Ford sem, gasolina, mas foi travado pelos americanos e pelo lobby do petróleo… ou da sua certeza em afirmar que os americanos nunca foram à lua… ou de como nunca inventaram a bomba atómica… ou de como ainda tentou provar em laboratório o que a natureza demora milhões de anos a conseguir… transformar um carvão em diamante.Por tudo isto e muito mais, do qual posteriormente se dará conta pormenorizadamente na rubrica“Les aventures de Cinzacoelho” por todo o seu contributo para a ciência e para a humanidade lanço aqui uma petição para que lhe seja atribuído o doutoramento “Honoris causa”, pelo Instituto de Estudos Superiores de Fafe.
Por favor subscrevam a petição: http://www.peticao.com.pt/les-aventures-de-cinza-coelho

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...