Pesquisa personalizada

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Lista dos 25 mais ricos de Portugal


Fortuna dos 25 mais ricos de Portugal volta a subir depois de três anos a recuar, de acordo com a revista "Exame". Américo Amorim continua a ter o maior património, no valor de 2,6 mil milhões de euros.

Alexandre Soares dos Santos, “chairman” da Jerónimo Martins, que detém o Pingo Doce, viu a sua fortuna aumentar quase 90% em apenas um ano. O suficiente para superar Belmiro de Azevedo, dono da Sonae, a detentora do Continente, como o segundo homem mais rico de Portugal, de acordo com o “ranking” dos 25 mais ricos de Portugal em 2011, realizado pela revista “Exame”.

A classificação continua a ser liderada por Américo Amorim. Como é um hábito há já quatro anos consecutivo. Em 2011, a sua fortuna subiu 18,2% em relação ao ano passado e chegou aos 2,6 mil milhões de euros.  



O segundo lugar passou, então, a ser de Soares dos Santos. No ano passado, a sua fortuna era de mil milhões de euros. Quase que a conseguiu duplicar em 2011 para 1,9 mil milhões. A "Exame" refere que, em 2004, a fortuna era de 330 milhões de euros. Ou seja, desde aí, quase que conseguiu multiplicar o seu património por seis.

Já Belmiro de Azevedo deslizou no “ranking” da “Exame”. No ano passado, tinha perdido dinheiro mas conseguiu ficar na segunda posição. Este ano, até aumentou a sua fortuna em 1%, mas os 1,3 mil milhões de euros que possui não foram suficientes para impedir a queda para terceiro mais rico de Portugal.

As quarta e quinta maiores fortunas nacionais são as da Família Guimarães de Mello  (com mil milhões de euros) e as da família Alves Ribeiro (780 milhões de euros), respectivamente.

De saída da lista dos 10 mais ricos está Joe Berardo, que perdeu fortuna. O ano passado registou 589 milhões de euros. Em 2011, o 10º mais rico tem 551 milhões, logo o património do madeirense tem agora de ser inferior a este valor.


Mais ricos voltam a estar mais ricos depois de três anos a perder fortuna

Em termos globais, a fortuna dos 25 mais ricos de Portugal aumentou em 2011. O que não acontecia desde 2007- quando a fortuna total chegou a 20,6 mil milhões de euros.

O património tem vindo a descer desde o ano seguinte. Em 2010, este grupo de 25 fortunas somava 14,7 mil milhões de euros. Este ano, a importância subiu 17,8% e chegou aos 17,4 milhões de euros. Valor que equivale a 10,1% do PIB nacional. Ainda assim, inferior ao montante de 2007.

Revela a “Exame” que, em tempos de crise em Portugal, o valor do presente ano foi influenciado pela valorização das participações que Américo Amorim tem na Corticeira Amorim e na Galp Energia e também que Soares dos Santos tem na Jerónimo Martins.  


Os 10 mais ricos

1º Américo Amorim: 2587,2 milhões de euros 

2º Alexandre Soares dos Santos: 1917,4 milhões de euros

3º Belmiro de Azevedo: 1297,6 milhões de euros

4º Família Guimarães de Mello: 1006,6 milhões de euros

5º Família Alves Ribeiro: 779,7 milhões de euros

6º Perpétua Bordalo da Silva e Luís Silva: 679,7 milhões de euros

7º Rita Celeste Violas e Sá, Manuel Violas: 650,6 milhões de euros

8º Maria do Carmo Moniz Galvão Espírito Santo: 645,8 milhões de euros

9º Família Cunha José de Mello: 638 milhões de euros

10º António da Silva Rodrigues: 551 milhões de euros

domingo, 24 de julho de 2011

A maldição dos 27 continua a crescer.

O nome de Amy Winehouse foi acrescentado a lista de nomes de artistas que perderam a vida aos 27 anos de idade.
Seguem alguns dos nomes de artistas que entraram para esta trágica lista:

Johnny Kidd (vocalista dos Johnny Kidd & The Pirates), morreu em 1966 – acidente de viação.

Brian Jones, membro fundador dos Rolling Stones, morreu em 1969 afogado na piscina de sua casa.



Jimi Hendrix, guitarrista morreu em Londres em 1970, supostamente devido a uma overdose.

 Janis Joplin (cantora), morreu em 1970 – overdose.

        Jim Morrison (vocalista dos The Doors) morreu em 1971 – overdose.



Kurt Cobain (vocalista e guitarrista do Nirvana), morreu em 1994 – suicídio.

sábado, 23 de julho de 2011

Amy Winehouse foi encontrada morta em sua casa em Londres



Amy Winehouse foi encontrada morta em casa. Ainda não se conhecem as causas da morte da cantora britânica, que tinha 27 anos. 

A polícia inglesa confirmou hoje a morte da cantora britânica Amy Winehouse, encontrada sem vida, aos 27 anos, num apartamento em Camden Square, Londres.
De acordo com a Associated Press, não foram reveladas as causas da morte da cantora, conhecida pelos problemas com drogas e álcool e que recentemente tinha saído de um tratamento.
Na sexta-feira, a revista "New Musical Express" deu conta que Amy Winehouse tinha sido vista no festival iTunes, em Londres, a primeira aparição pública desde que cancelou, em Junho, toda a digressão europeia.

Sabe o qual o motivo porque os homens quando casam engordam?



Porque o homem enquanto é solteiro, olha para o frigorífico e diz “é sempre a mesma coisa”, e vai para a cama.

Quando o homem se casa, olha para a cama e diz “é sempre a mesma coisa”, e vai para o frigorífico.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Ford apresenta Interceptor para novo filme da saga Mad Max


O Salão Automóvel de Melbourne, na Austrália, serviu de palco para a apresentação de dois protótipos Ford Interceptor, com vista ao quarto filme da saga «Mad Max».

 Os dois «concept cars» são inspirados no emblemático Ford XB Falcon de 1973 utilizado na película original e foram desenvolvidos sob supervisão de Chris Svensson, director de design da Ford para a Ásia, Pacífico e Austrália, estando agora na «luta» (leia-se votação), para conquistar o lugar de bólide oficial de Mad Max no quarto filme da saga.


 Para Chris Svensson, este projecto foi um sucesso tremendo: «Permitiu à nossa equipa alargar a imaginação e sugerir ideias novas e excitantes», que acrescentou ainda que, «a equipa teve a oportunidade de ser muito criativa porque o carro do Mad Max não é restringido pelos parâmetros, ditos normais do design automóvel da vida real”.






Os dois concepts em competição revelam cuidados ao mais alto nível de pormenor e contam com uma série de «engenhocas» para ajudar a eliminar os «maus da fita» no novo filme da saga, que contará com nomes como Charlize Theron e Tom Hardy. J.R.







domingo, 10 de julho de 2011

"How the Grinch stole Christmas"





Um governo diferente chega e diz: "as coisas estão piores do que se pensava e temos que aumentar impostos". E direitos de autor?…Vão custar quanto?!

A minha esperança é que os gregos estejam só a recuperar o fôlego. Já tinha sido anunciado o fim de alguns feriados, mas ninguém esperava que acabassem com o Natal. Merkel telefonou a Passos e limitou-se a gemer: "tira-lhes o subsídio de férias que eu estou quase…"

E depois não querem piadas com africanos e assaltos - um tipo de Massamá fez explodir o 14º mês dos portugueses e levou metade. A família do Passos não vai estranhar porque em Massamá não há Natal. Passos Coelho só está seguro porque os vizinhos ganham todos menos de 500 euros.

Que raio de azar! Logo agora que estava a pensar comprar o BPN com o subsídio de Natal. Está decidido. A situação económica assim o exige. A verdade acima de tudo! Vou ter de antecipar a verdade sobre o Pai Natal às crianças. E no Natal vou oferecer IVA a toda a gente.

Pelo lado positivo, que há sempre: espero que isto signifique o fim do Natal dos Hospitais na RTP. E, finalmente, Sierra Nevada sem portugueses! E espero que este ano dê para fazer as compras sem confusão. Este ano quero pirilampos em frascos em vez de iluminações de Natal.

Eu bem queria fazer como os jornalistas e comentadores portugueses, e simpatizar com o novo ministro das Finanças, mas assim é difícil. Acho que ele é bom para comentar partidas de xadrez e é igual ao tipo com menos graça dos Gato Fedorento. E os punhos das camisas, que usa, são muito compridos - parecem mangas de alpaca da Victor Emmanuel. E está visto que o tom professoral é genético. Ufa! Sabe tão bem sair do interesse nacional de vez em quando. Experimentem.

Também não gostei da atitude do Doutor Moedas. Que voz era aquela?! Ó doutor Moedas, não acha que já chega de brincar com hélio?! Mas isto é um festival de robertos?! Na situação em que está o País ainda tem tempo para gracinhas!

Resumindo. Não há-de ser por mais isto que nos vão ver na rua a virar carros de patas para o ar. São os brandos costumes e o calor. Mais depressa ia a troika para a rua protestar. Não há nada a fazer, resta seguir os conselhos do Nuno Crato e tirar a máquina de calcular aos miúdos e fazer contas ao menos que temos. E, a propósito do novo ministro da Educação, aqui para nós, robustos leitores: ser contra as máquinas de calcular tem qualquer coisa de patético. Nuno Crato é contra as máquinas de calcular e sapatos ortopédicos. Ele não esteve nos EUA? Será que Nuno Crato é mórmon?! Nuno Crato não quer máquinas de calcular e Paulo Macedo diz não às anestesias. Nuno Crato quer tirar calculadora aos alunos do 5.º e 6.º anos e Bibi quer tirar a roupa… Podíamos ficar aqui o dia todo nisto mas era arriscado e não tenho coragem e caracteres que cheguem. Vou terminar no parágrafo abaixo.

Esta medida, do subsídio de Natal, é um: Pedro gritou lobo muito cedo. Quando for a sério… Vamos ver em breve, porque isto está a ficar muito mal. A qualquer momento pode desabar tudo. Temos de estar atentos - se virem Fernando Nobre mudar de país é porque vem lá chatice da grossa .


Mais lixo
1. "O fim das 'golden shares' devia ter animado o mercado" - serpentinas é lixo?
2. vamos reciclar Portugal e fazer uma cadeira de verga como a da Emmanuelle.
3. Mas agora dizem mal das agências?! Então a cadela do Relvas não se chama Moody's?!
4. Rescisões amigáveis com funcionários públicos vão ter o patrocínio Mon Chéri.
5. Estou ansioso para ouvir o que diz o BE e o José Manuel Pureza... ai, é verdade... pois. O BE parece que no intervalo da legislatura foi subir ao Everest e só regressaram estes; e combalidos.
6. Alunos do CEJ já repetiram teste anulado devido a copianço. Era exactamente o mesmo teste.
7. Irlanda baixou o IVA na restauração. Em Portugal querem aumentar o IVA de toda a restauração?! Não aceito que aumentem o IVA à "família feliz" !
8. Não acredito em "tentativa" de violação. Há nove anos, o Strauss Kahn tinha melhor próstata.
9. Última hora! Governadores civis vão ficar com as "golden shares".

By João Quadros

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Movimento "vamos devolver o lixo à Moody’s", todos a enviar o lixo para a sede da Moody's...

Os movimentos contra a Moody’s espalham-se. Já houve mesmo quem "devolvesse" lixo português à Moody’s. Veja o vídeo.




São vários os movimentos no Facebook que apelam a que os portugueses se movam para bloquear o "site" e as linhas telefónicas da Moody’s, depois da agência ter decidido cortar o "rating" da dívida de Portugal para um nível considerado "lixo".

Uma das últimas iniciativas foi de Pedro & Hugo, uma dupla de criativos que aproveitou um tempo livre entre o seu trabalho na BBDO e decidiu enviar uma carta para a sede da Moody's em Nova Iorque, explica GarbageMenPT, responsável pela disponibilização do vídeo na Internet.
GarbageMenPT (username que significa "homem do lixo") adianta que a carta enviada levou "um pedaço de Portugal como ele é visto pela Moody's. Só para que saibam que estamos a trabalhar para elevar o nosso rating.”

A iniciativa pode ser vista num vídeo, com a música de fundo “Fuck You” de Cee Lo Green, onde só falta saber se a Moody’s recebeu e percebeu a mensagem.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

"Fuck You Fitch. Fuck You Moody’s. Fuck You Standard & Poor’s"

São milhares de fãs os que encontramos repartidos pelas dezenas de páginas criadas no Facebook contra as agências de notação financeira. A Moody’s, por ter descido ontem a classificação de Portugal, é a mais visada. Um grupo com 115 membros quer cortar-lhe o "rating" hoje às 21h30.

Há páginas portuguesas e estrangeiras, de todo o mundo. Têm como fãs e membros todos aqueles que estão "fartinhos" das agências de "rating".

O facto de a Moody’s ter voltado ontem "à carga", numa altura em que há consenso político em Portugal e em que não há – pelo menos, ainda – desvios face ao memorando de entendimento assinado com a troika, inflamou os ânimos.

"Vamos sair à rua contra a velha Moody’s" é uma das páginas criada assim que a agência cortou a classificação da dívida soberana portuguesa para "lixo". Nesta página, sugere-se que todos enviem um email à Moody’s (e o endereço está lá, para quem queira seguir a sugestão), hoje, com uma só palavra "bastards".

"Bastards" (sacanas) é a expressão escolhida pelo director do Negócios, Pedro Santos Guerreiro, no seu editorial de hoje, para melhor designar o corte de que Portugal foi alvo. E a expressão pegou. Há até já uma t-shirt onde se pode ler "I’m a bastard", com o símbolo da Moody’s por baixo.

"I wish I was special"

Mas as ideias não se ficam por aqui. Ainda na mesma página, há já quem sugira uma canção como candidata a hino da Moody’s. Chama-se "Creep", é dos Radiohead e "reza" assim: "I wish I was special / But I'm a creep / I'm a weirdo / I wish I belonged here / But I don't belong here".
[“Gostava de ser especial / Mas sou detestável / Sou esquisito / Gostava de pertencer aqui / Mas não pertenço aqui”].

Numa outra página, intitulada "Fuck You Fitch. Fuck You Moody’s. Fuck You Standard & Poor’s", exortam-se os membros a aderirem em massa a um evento marcado para mais logo à noite. O local do evento é o "website" da Moodys e a proposta é que, às 21h30, os mais indignados "cortem na cotação da Moodys". "Paralelamente a este evento, avaliem o site da moody's como LIXO!! São 3 clicks!" – atira um dos membros.

Muitas outras páginas se seguem na rede social criada por Mark Zuckerberg. "Lixo? São as agências de rating”, “Contra as agências de rating”, “Abaixo as agências de rating!!!" ou "Vamos cortar o rating às agências de rating!" são alguns dos exemplos.

Protestos em todas as línguas

Mas há mais. E na língua que quiser. "Let’s downgrade Moody’s and all the other rating agencies to junk", "Españoles contra las agencias que especulam con las finanzas del Estado", "Rating agencies like S&P or Moody’s or Fitch have not credibility" ou ainda "Je ne veux pas voir ma vie dictée par une agence de notation” são mais algumas das páginas onde a veemência dos protestos é generalizadamente marcada pelos pontos de exclamação ou por palavras mais inflamadas...

Na página "Eu não gramo agências de rating", criada há mais tempo, surgem opiniões de blogs, da imprensa nacional e estrangeira e muitas piadas por entre conversa também muito a sério. Destaque, por exemplo, para um "cartaz", onde se vê o mapa de Portugal junto a um torno e onde se lê "You Standards are Poor".

Mas continua a haver mais. Temos o "Grupo para pessoas que estão fartas das agências de rating", "Agências de rating: e não se pode exterminá-las?", "Pelo fim do terrorismo económico de algumas agências de rating" ou ainda "I believe in Portugal. I don’t believe in rating agencies". E as coisas não se ficam por aqui. Nem os cortes, nem as agências, nem as páginas de protesto no Facebook.

terça-feira, 5 de julho de 2011

As últimas coisas que alguém dirá...

As dez últimas coisas que a mulher alguma vez diria:

10. Será que a nossa relação poderia ser mais física? Estou farta de só sermos amigos.
9. Podes deixar o assento da sanita em pé se quiseres.
8. Eu acho que os teus pelos do cu são mesmo sexys.
7. Era esta a cerveja que pediste? Acho que te comprei pouca.
6. Por favor não ponhas essa t-shirt velha no lixo, esses buracos nos sovacos são mesmo fofos.
5. Este diamante é demasiado grande.
4. Eu não ponha os meus lábios nessa coisa a menos que tivesse de engolir.
3. Wuaoh é mesmo 16 centímetros!
2. Será que esta roupa faz o meu cu parecer muito pequeno?
1. Estou errada, tu estás certo outra vez.


As dez últimas coisas que o homem alguma vez diria:


10. Eu acho que os gays também são pessoas.
9. Já que estou de pé, queres que te traga uma cerveja?
8. Eu acho que os teus pelos do cu são mesmo sexys.
7. As mamas dela são demasiado grandes.
6. Ás vezes, só me apetece que me abracem.
5. Aquela rapariga feia que é tua amiga dá-me tusa.
4. Claro, eu adorava usar preservativo.
3. Já não vamos ver as montras á imenso tempo, vamos agora mesmo que eu compro-te as roupas que quiseres e seguro na tua mala.
2. Esquece os jogos de futebol no fim-de-semana, vamos ver as telenovelas.
1. Acho que estamos perdidos, é melhor encostarmos e perguntarmos por direcções.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...